12 de jul de 2013

Ah, essa existência...
Esse deus tão grande,
que nos faz sentir o peso
de seguir seus desígnios,
estranhamente
através de lágrimas.
Quando sabemos ser,
no fundos,
essa a maior das alegrias.